terça-feira, 14 de março de 2017

Molho de tomate com (5) vegetais, pronto a usar e congelar


No fim de semana passado, houve tempo para preparar algumas coisas para congelar. Como entretanto já não tinha almôndegas, e encontrei carne de vaca de boa qualidade, nacional e a um preço mais simpático, resolvi colocar as mão na carne, e voltar a fazer a mistura habitual: carne picada, cebola picada, sal e pimenta. Misturar bem, fazer bolinhas. Congelar no tabuleiro e depois passar para sacos de congelação nas doses para uma refeição.

Aproveitei também para fazer molho de tomate - com vegetais - para as almôndegas. Usei uma parte e congelei o restante. A enorme vantagem? Almôndegas e molho de tomate e vegetais prontos a usar e perfeitos para desenrascar uma refeição em qualquer dia apertado, indo diretos do congelador para o tacho.
E o molho de tomate feito também com outros vegetais, é uma excelente forma de comer e dar a comer mais legumes, além de ficar um molho mais espesso que casa lindamente com as almôndegas, simples com massa, por exemplo e até numa simples bolonhesa.
Desta vez, o molho de tomate levou, além de tomate e cebola, alho francês, abóbora e cenoura. Noutras vezes leva ainda aipo, couve flor ou courgete... Mas basicamente é feito com o que tenho no momento em casa.

O processo é simples. Fazer um refogado com cebola, alho azeite e louro. Juntar depois o alho francês. Deixar refogar mais um pouco. Acrescentar a cenoura em pedaços, assim como a abóbora e os restantes legumes que usarem. Deixar suar um pouco, Acrescento depois o tomate. Nesta altura do ano, acrescento tomate pelado de lata ou congelado, se tiver - ou uma mistura dos  dois - no verão uso tomate maduro. Tempere com  um pouco de sal, pimenta e oregãos e deixar estufar até todos os legumes estarem macios. Depois é retirar a folha de louro e triturar bem todos os legumes no robot de cozinha ou com a varinha mágica. Se estiver muito grosso, juntar um pouco mais de água e retificar temperos, deixando voltar a ferver.
Fiz um tacho grande, com molho para duas vezes. Coloquei metade do molho a arrefecer um pouco e ao restante juntei as almôndegas, que podem estar congeladas ou frescas. E deixei cozinhar.
O restante molho, depois de frio, coloquei num saco de congelação - mas podia ser numa caixa plástica hermética - e congelei.



Quando quiser usar basta retirar do saco e colocar diretamente na panela e deixar descongelar e ferver. E depois juntar as almôndegas (ou não). Pode servir apenas para juntar a uma massa, para cobrir a base de uma pizza ou para estufar outra carne, almôndegas ou apenas carne picada para uma bolonhesa....


Também fazem o molho de tomate com os legumes “escondidos”? (Cá em casa faço as duas versões!) E também fazem a mais para congelar ou para refeições de emergência?

11 comentários:

  1. Cá faz-se o molho de tomate simples, mas esta tua sugestão é uma boa ideia :) Thanks, mais uma vez :) Bjinhos.

    ResponderEliminar
  2. Ca em casa há sempre, ou quase sempre legumes escondidos ;) seja no puré, no molho das almôndegas, lasanha, Bolonhesa... E uma forma de todos os comerem e ninguém reclamar ;)

    ResponderEliminar
  3. Ainda não tinha experimentado assim porque costumo fazer molho de tomate simples e usar o método da pasteurização para que possa guardar os frascos na despensa. É uma excelente sugestão. Vou tentar este ano. Obrigada.

    ResponderEliminar
  4. Também faço molho de tomate para congelar, mas normalmente com os legumes assados. Coloco tudo num tabuleiro no forno regados com azeite e orégãos, ao fim de 1,5 hora trituro tudo.
    Fica espetacular!

    http://hasemprequalquercoisa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Teresa, tb assas o tomate junto com os restantes legumes? Já agora, qual a tua 'base'? Obrigada :)

      Eliminar
    2. sim, asso tudo junto, o que tiver em casa, às vezes só mesmo o tomate...
      Tomate, cebola, pimento, aipo...

      http://hasemprequalquercoisa.blogspot.pt/

      Eliminar
  5. Ola Joana,

    Eu também faço molho de tomate para pasteurizar. Tenho uma pergunta, porque usas tomate pelado de lata em vez de fresco? Eu sei que a melhor época do tomate é no verão, mas é preferível usar de lata ao que se encontra fresco nesta altura?
    obrigada!

    ResponderEliminar
  6. Joana, os sacos de congelação que usa, são reutilizáveis?

    ResponderEliminar
  7. Costumo fazer sempre na altura do tomate e dá para o ano inteiro , nunca há desperdicio :)))
    bela sugestão !

    ResponderEliminar