terça-feira, 22 de Maio de 2012

Da Abóbora Congelada

O facto de não desperdiçar nada cá em casa é o facto de muitas e muitas coisas acabarem no congelador. Claro que isto não é uma coisa má. Na minha arca ainda existem alguns tomates grandes e sumarentos do verão passado, pimentos em tirinhas e estou a gastar o ultimo saquinho com courgete para as sopas. Há algumas frutas congeladas para os batidos e feijão e grão cozidos e prontos a usar.
Daqui a pouco tempo será altura de a começar a encher novamente, quando começar a abundância da primavera e do verão (espero eu!).
Mas a verdade é que existe uma gaveta cheia apenas com abóbora em cubinhos. E apesar de a ir usando na sopa e por vezes para misturar em puré de batata, não há maneira de conseguir gastar tanta abóbora.
Acontece que tanta abóbora congelada ocupa muito espaço necessário para outras coisas. Fiz então uma limpeza ao congelador e tirei muitos dos sacos que lá estavam. E o que fazer com a abóbora congelada? Compota! Sim, podemos fazer uma deliciosa compota usando abóbora que esteve congelada. Não fiz a compota da mesma maneira, mas mesmo assim ficou muito boa e foi uma óptima maneira de despachar a abóbora e ficar com uns frasquinhos para mim ou para oferecer.
Portanto, para além de a poder usar em sopas e purés (fica muito bom se misturar um pouco de abóbora no puré de batata), também podemos usar a abóbora congelada para fazer compotas. Em qualquer altura do ano!

Compota de Abóbora Congelada

Ingredientes para cerca de 3 frascos de 250ml:

1 kg de abóbora em pedaços  (pesada depois de descongelada e bem escorrida)
650g de açúcar
2 laranjas
1 pau de canela

Preparação:

Num tacho grande coloque a abóbora, o açúcar, o sumo e a raspa das laranjas e o pau de canela. Misture bem e leve ao lume deixando ferver cerca de 30 minutos. Ao fim desse tempo retire o pau de canela e com a varinha mágica triture o doce até ficar com uma textura fina.
Volte a colocar o pau de canela e deixe ferver em lume brando até o doce ter a consistência desejada.
Coloque depois em frascos devidamente esterilizados. Feche-os e volte-os de cabeça para baixo para ganharem um vácuo natural.
Guarde depois como habitualmente.

14 comentários:

  1. Olá, também faço doce de abóbora assim, sem a cozer primeiro, Fica com muito mais sabor, não é? Uso menos açúcar, apenas metade do peso de abóbora e dá certo (http://ardecasa.blogspot.pt/2012/03/doce-de-abobora.html). Só nunca me tinha lembrado de a usar congelada. Boa ideia para ganhar espaço no congelador!

    ResponderEliminar
  2. Ca em casa também nada se desperdiça e muita coisa vai para o congelador pronto a utilizar.
    Gostei muito do teu doce de abobora.

    bj
    http://ladyaofogao.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Mais uma ótima sugestão! Obrigada Joana!

    ResponderEliminar
  4. Eu também já fiz várias vezes compota de abobora congelada. Deixo descongelar com a joana, e depois faço normalmente.
    A diferença é que dá menos frascos que a fresca. Foi a única coisa que notei.

    ResponderEliminar
  5. Eu também já fiz a compota usando a abóbora congelada e também já fiz com figo congelado que também ficou delicioso, por isso já congelei nêsperas para fazer compota quando acabar a que tenho feita.

    ResponderEliminar
  6. Compota, pois claro :) Já fiz várias versões, tanto com abóbora crua cm congelada e calha sempre bem :) Thanks por mais uma dica, pois desperdiçar é q ñ podemos mesmo :) Bjinhos!

    ResponderEliminar
  7. Olá,

    Fiz ontem um doce de morango q apesar de ter bom sabor ficou mt liquido. Acho q usei acucar a menos - a ideia era ser light. Se´ra q se aguenta tanto tempo como os outros?

    ResponderEliminar
  8. Parabéns pelo blog! Eu costumo fazer cupcakes de abobora ou tarte de abobora (receita de thanksgiving) uma delicia!!!!! Beijos

    ResponderEliminar
  9. Parabéns, Joana!
    A dica do doce é excelente!

    ResponderEliminar
  10. Marlene,

    O facto de ter usado pouco açúcar claro que vai ter influencia na duração do doce, uma vez que é o açúcar que actua como conservante. E a razão de ter ficado demasiado líquido tem a ver também com esse facto, mas também pode ter sido por o ter deixado pouco tempo a ferver.
    Os doces feitos com menos açúcar duram menos tempo e devem ser guardados no frigorífico para não se estragarem.

    Espero ter ajudado,
    Joana

    ResponderEliminar
  11. disseram-me que a compota de abóbora congelada não era lá grande opção... ah e eu deixo sempre o doce arrefecer muito bem e só quando estiver frio é que fecho. tb se pode juntar pectina, sabem o que é? "PECTINA CASEIRA DE LARANJA

    uma medida (um copo)de cascas brancas do interior da casca laranja da laranja
    três medidas de água (três copos)

    Após retirar a casquinha amarela das laranjas (com um descascador saem facilmente) tira-se a casca branca e pica-se finamente (ou liquidifica-se). Leva-se ao lume a mistura e ferve cerca de 20 minutos. Deixar arrefecer e coar por um filtro fininho. E voilá...eis a nossa pectina caseira. É excelente para adicionar em doces e geleias para adquirir ponto mais cedo...e que ponto!"

    ResponderEliminar
  12. Marisa, não sabia da receita da pectina...que quantidade devemos colocar para as conservas? Obrigada (vaniambf@hotmail.com)

    ResponderEliminar
  13. Boa tarde Joana, também tenho a mesma questão, muita abóbora congelada... o que queria perguntar é: qualquer abóbora serve para fazer compota? A que tenho é daquela comprida de casca verde e polpa amarelo claro...

    ResponderEliminar